Carta Custeio Visto USA

November 17, 2008 at 1:52 pm (Modelos) (, , , , , , , , , , )

Voltando à ativa, muitas coisas aconteceram… Porém, let’s talk about business.

Passo à vocês um modelo de carta de custeio, para apresentação na entrevista para solicitação de visto para o EUA. Essa carta é genérica, então acredito valer pros outros consulados também.

Os meus comentários ou exemplos seguem entre [ ].

——————

[Sua cidade], [dia] de [mês] de [ano].

CARTA DE CUSTEIO

Eu, [NOME DE QUEM VAI PAGAR A SUA VIAGEM], brasileiro(a), [estado civil – casada, solteira, separada judicialmente, divorciada], [profissão], RG nº [123456], inscrito no CPF sob nº [123.456.789-11], residente à rua [Tal], nº [123], bairro [Tal], CEP [12.345-678], na cidade de [Tal], DECLARO, para única e exclusiva finalidade de comprovação perante o CONSULADO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA [ou outro consulado de seu interesse] no Brasil, que a viagem de [tipo da viagem – férias, trabalho remunerado, estudos] presenteada à minha [grau de parentesco com o viajante – filha, sobrinha, neta, afilhada], [nome de quem vai viajar em letras maiúsculas], portadora do Passaporte nº [XX 123456], residente no endereço acima indicado [ou se morar em endereços diferentes, indicar], à cidade de [nome da cidade que vai – Orlando], [Estado – Flórida] nos Estados Unidos da América, será totalmente custeada por mim, incluindo os custos de emissão do visto consular, passagem aérea, gastos pessoais e seguro de
viagem.

Sendo a verdade, firmo a presente em uma única via.

_______________________________

NOME DE QUE VAI PAGAR – ASSINATURA RECONHECIDA EM CARTÓRIO CPF:

About these ads

50 Comments

  1. RAQUEL said,

    Boa noite,, gostaria de saber se preciso desta carta , sendo que, quem vai custear minha viagem é meu esposo, na verdade nao somos casados,, só temos um contrato de uniao estavel?
    Obrigada
    Raquekl

    • tiadocafe said,

      Se não estiver no Imposto de Renda como dependente, aconselho levar a carta.

  2. Italo said,

    Ola, tenho uma duvida.

    E se meu patrocinar for um amigo da familia o que coloco em “grau de parentesco”?

    Eles não achariam ruím? O que acha

    Obrigado,
    Italo

    • tiadocafe said,

      Humm, acho que você não deveria colocar nada, só deixar a afirmação de que é de presente.

  3. Pedro Veloso said,

    meus pais irao custear minha ida aos eua , entao gostaria de saber como ficaria a carta custeio?

    • tiadocafe said,

      Use o modelo preenchendo nos campos que seus pais irão pagar a viagem. Se vc ainda estuda, basta comprovar a situação de estudante e levar a documentação dos seus pais em relação aos bens e salário. Foi assim que fiz. No meu caso, especificamente, levei só a documentação do meu pai. Foi suficiente.

  4. lisandra said,

    Ola! moro junto com uma pessoa 10 anos ,não somos casados no papel, preciso levar uma carta de custeio? e como deve declarar no caso de não sermos casados (coloca esposa ,namorada ou oque) ele que ira pagar a viagem que queremos fazer juntos.

    • tiadocafe said,

      Vc deve colocar que é companheira. O certo seria vcs lavrarem uma Escritura Pública de União Estável, muito comum hoje em dia. Particularmente, não sei até que ponto a Embaixada Americana é complacente com a União Estável, que no Brasil não tem “forma”, mas somente preenchidos os requisitos e o casal assumindo essa posição, é suficiente.

  5. marcio roberto scarabel said,

    eu estou solicitando o visto B1/B2,para eu poder ir aos Estados Unidos,eu sou missionário e a organização que está me enviando pediu para que eu tirasse este visto B1/B2 para eu poder participar de uma conferencia nos Estados Unidos,como eu vivo de doações e não tenho uma renda fixa,na parte de renumeração,como eu podrei comprovar,já que eu posso comprovar até R$400,00 reais de renda (lógico que é mais),só que tem mês que entra é somente isso.
    quem estaraá me custeando é uma Igreja e a organização que eu trabalho,por eu ser missionário/voluntario,como eu poderei e a organização preencher a carta custeio?
    eu tenho a carta da organização dos Estados Unidos,pois a organização que eu trabalho é americana.

    • tiadocafe said,

      Bom, se vc tem a documentação relativa ao seu evento nos EUA, acredito não ter problema. É importante registrar que a carta de custei serve para quem não tem documentação necessária para comprovar o pagamento das despesas. No seu caso, a carta da organização americana, em tese, substitui a carta de custeio.

  6. keilla da silva godoi said,

    eu ganhei a viagem de um amigo que mora nos E.U.A.
    pois ele que vai pagar tudo.mas eu não tenho uma renda,dependo de penssão. como eu faço para conseguir o visto? preciso de uma orientação.

    • tiadocafe said,

      Complicada a sua situação, hein… Tenho curiosidade de saber como vc conseguiu o visto.

  7. Priscila said,

    Olá!!
    Estou com meu visto agendado para o dia 23 de agosto e quem está pagando minha viagem é a minha mãe e o meu avô. No questionário so coloquei minha mãe. Tenho 2 dúvidas:
    1- Tem algum problema eu ter colocado apenas minha mãe, que tambem vai viajar comigo?
    2- Há necessidade de incluir o meu avô na carta de custeio???

    Beijoss

    • tiadocafe said,

      Se sua mãe tem renda suficiente pra dizer que vai pagar a viagem sozinha, coloca só ela.

  8. Sabrina said,

    Olá,
    Juntei uma poupança a uns anos, quando trabalhava, atualmente sou estudante universitária. Gostaria de saber se posso dizer que eu mesma custearei a viagem…ou se por ser estudante deveria dizer que minha mãe também contribuiu na poupança, passando a ser ela a custeadora?

    Obrigada

    • tiadocafe said,

      Leva o extrato da poupança e diz que vc vai pagar sozinha, dai não precisa da carta. Ou se sua mãe tem condições de comprovar que poderia pagar a viagem sozinha, faz a carta no nome dela e leva os documentos dela.

  9. ELISANGELA said,

    ola boa tarde gostaria de saber se uma carta custeio serve pra mim e meu marido no caso é minha tia que esta pagando ou tem que fazer uma pra cada aguardo retorno

    • tiadocafe said,

      Pode fazer uma só

  10. Thayonery Kécia said,

    minha mãe quem vai pagar a minha viagem aos EUA, eu tenho 16 anos e vou numa excursão, a carta é necessaria ?

  11. Lau said,

    Excelente carta. Utilizei ela como base para a minha. Obrigada.

    • tiadocafe said,

      Espero que ajude.

  12. Neide said,

    Meu sobrinho vai tirar o visto pela primeira vez.
    Vai viajar conosco, os tios pra Orlando em Janeiro de 2011.
    Ele tem 20 anos e os pais dele estão morando há 2 meses na Espanha.
    Não vai ter como o pai escrever a carta custeio assinar e reconhecer no cartório.
    A entrevista do visto é 6 de Dezembro de 2010.
    Se não levar esta carta vai ter problema?
    Nós já temos o visto, melhor fazer uma carta do tio?
    E tem muitas listas de documentos pra levar pro Consulado… Quais seriam os documentos que não podem faltar?

    Obrigada

    • tiadocafe said,

      Mais fácil fazer a carta no nome de vcs, do que no nome dos pais… Como os pais estão morando na Espanha, o Consulado pode interpretar que ele não tem vínculos familiares suficientes no Brasil.
      Quando aos documentos, somente os necessários para comprovar o vínculo (propriedade de móveis e imóveis, IR, etc, do representante legal dele – quem cuida dele no Brasil).

  13. Adriana said,

    Olá… por favor uma dúvida…
    Não declaro IR… =/
    Também não tenho ninguém da família que tenha grana suficiente para custear…
    Poderia pedir a um amigo? Se ele disser que, sei la, é meu padrinho… vale?

    Como ficaria isto de dizer que é presente?
    Me ajude por favor?

    Eu tenho o dinheiro suficiente, escola e acomodação paga… mas não tenho a carta de custeio nem declaro IR… =/

    • eliel said,

      da certo sim q o meu foi assim

    • tiadocafe said,

      Eu tb não tinha nada quando fui… Mas se vc tem dinheiro suficiente pra viagem, uma escolha é não fazer a carta e levar o extrato de conta-corrente e fatura de cartão de crédito, dizendo q vc q vai pagar…

  14. jair said,

    Minha esposa possui comprovante de renda de 500,00 e somos casados em regime universal de bens preciso fazer a carta de custeio para ela ?

    • tiadocafe said,

      Se vcs são casados e vc tem renda suficiente, não.

  15. carlos neves said,

    Como responsável financeiro pela viagem do meu filho de 18 anos aos EUA , eu posso acompanhá-lo no dia da entrevista , dentro do consulado?

    • tiadocafe said,

      Não. Só menores podem ter acompanhante

  16. PATRICIA SIQUARA said,

    bem gostaria de saber se eu preciso desta carta custeio sento que meu marido que vai pagar a viajem…Eu sou dependente dele no imposto de renda… Mas sera que mesmo assim tenho que fazer esta carta..??

    • tiadocafe said,

      Se há dependência no imposto de renda, entendo que não.

  17. Alexandro said,

    Boa noite.
    Irei patrocinar a viagem da familia (minha, esposa e filho), já tenho visto pois ja estiva nos EUA a trabalho tenho que montar a carta de custeio para (Esposa e filho)?

    • tiadocafe said,

      Se vc tem eles em seu imposto de renda como dependentes, entendo que não precisa. No meu caso, meu pai não me tinha como dependente.

  18. Luis said,

    Preciso levar o imposto de renda da pessoa que custeará a viagem?

    • tiadocafe said,

      É ACONSELHÁVEL.

  19. Roseany said,

    Oi, no meu caso quem vai custear minha viagem é minha tia ela vai pra entrevista comigo, eu preciso dessa carta de custeio? Ela estará renovando o seu visto e eu estarei tentando pela terceira vez receber o meu! Vamos em uma entrevista em família, agradeço Roseany

    • tiadocafe said,

      Acho que sim.

  20. sirley said,

    ola sou competidor de rodeio na modalidade em touros,e gostaria de saber e preciso de um patrocinio para apresentar na carta custeo para adiquerir o visto para o canadar em competiçao. e gostaria de saber tambem pq nao declaro IR se a algum problema?
    OBRIGADO!

    • tiadocafe said,

      Acredito que sim. A falta de IR não é problema, desde que vc comprove que tem condições de pagar a viagem (ou alguém pagará para vc).

  21. Amanda said,

    Oi!!
    Gostaria de saber se essa carta tem de ser escrita de próprio punho ou pode ser digitada e assinada.
    Obrigada.

  22. Adriana said,

    Bom dia!
    Por favor me respondam uma dúvida:pretendo ir para os EUA a passeio e minha mãe, que é pensionista vai custear minha viagem. A casa dela é dela, mas não tem escritura, somente o contrato de compra e venda, pois foi comprada há 55 anos, os vendedores sumiram e não foi possível até hoje fazer isso.
    Posso levar os 03 últimos comprovantes de pagamento dela e este contrato de compra e venda, além da carta de custeio?

    • tiadocafe said,

      Entendo que sim. Vc deve levar também comprovante que tem vínculos no Brasil (comprovante de estudo, etc), com a finalidade de comprar que tem que voltar pro Brasil.

  23. Diogo Meurer said,

    No meu caso, minha mãe e meu tio vão custear a viagem para eu e a minha esposa. Minha mãe, custeará a hospedagem e gastos na viagem; meu tio, custeará as passagens. Devo pedir para os dois fazerem, cada um, a carta e especificando o que cada um irá pagar, certo?

    • tiadocafe said,

      É comum várias pessoas contribuirem para a viagem, mesmo que uma delas pudesse pagar a viagem sozinha. É mais fácil que vc comprove de somente uma pessoa, de preferência aquela que tem a renda mais alta (mesmo que na prática, isso não vá ocorrer).
      Aliás, na minha viagem, eu ainda estudava mas exercia atividade remunerada. Paguei 90% de todas as despesas, meu pai ajudou somente na passagem. Mesmo assim, como a renda dele era muito mais alta que a minha, disse que ele pagaria tudo, para garantir. Esse panorama, inclusive, era mais benéfico no sentido de que eu REALMENTE iria voltar ao Brasil, diante do forte vínculo familiar demonstrado…
      E na verdade, é o que interessa. Eles só negam visto pra quem não comprova vínculo.

      Olha o exemplo: meu visto foi super fácil. Entretanto, um ano depois, meu irmão tentou e teve o visto negado, mesmo com uma carta-convite da VOLVO para visitar as instalações deles nos EUA, com tudo pago. Poxa, vc imagina que com um convite desse não vai ter consulado que negue visto, né? Entretanto eles negaram, pq meu irmao não comprovou vínculo no Brasil. Ora, ele poderia ir para lá com a carta-convite e, na volta, não embarcar e ficar por lá mesmo como ilegal. Mas como ele foi muito confiante, não levou qualquer documento!! Muita burrice, né? No final ele tentou denovo (ele foi negado em SP e conseguiu um encaixe no RJ uma semana depois), e acabou conseguindo com os documentos certos (os mesmos que eu levei na minha).

  24. Mardinie said,

    Olá boa noite,vou tentar o visto e vou ser custeada pela minha tia,ela ja tem o visto de 10 anos,e eu sou estudante mas nao tenho comprovante de renda,ja ela tem todas as documentações exigentes.Seria uma forma mais fácil para meu visto ser concedido??Abraços.

    • tiadocafe said,

      Se ela vai pagar a tua viagem, faz a carta de custeio no nome dela e pega os comprovantes de renda dela (IR, Imóveis, veículos, etc). No meu nome, tu apresenta documentos da tua faculdade (comprovante de matrícula que conste a data da formatura… qnt mais longe a formatura, melhor). Se tu tiver alguma coisa no teu nome (carro, apartamento, etc), leva também. Lembre que vc tem q comprovar duas coisas: que a pessoa que vai pagar a viagem tenha dinheiro para tanto, e que vc tem vínculos no Brasil que te façam voltar depois da viagem.
      Abraços!

  25. g2-fdcef6506cff55165ad21e9c1364da09 said,

    Olá!
    Apesar de ter lido TODOS os comentários ainda estou com dúvidas/receios…
    Eu tenho 29 anos e pretendo viajar pra Orlando ano que vem, como comemoração aos meus 30 anos e ficar no máximo 10 dias.
    Trabalho em um hotel à quase 4 anos, porém minha renda NO HOLERITE não é muito alta, abaixo dos R$ 1000, mas tenho ganhos por fora de comissão e horas extras. Já sou formado na faculdade, minha formatura foi em 2004.
    Pretendo juntar o dinheiro aos poucos e ir colocando numa poupança.
    Meu único “vínculo” seria minha mãe que mora comigo e meu emprego. Não tenho automóvel e a casa onde moramos é minha porém ainda não está no meu nome.
    Você acha que é difícil obter um visto com esses poucos vínculos? Vou lendo as coisas por aí e fico com medo de arcar à toa com o gasto pra tirar o visto (teria que viajar pra SP pra entrevista) e acabar sendo recusado!
    Minha mãe também não tem como custear minha viagem, ela entrou com pedido de aposentadoria mas estamos tendo um pouco de trabalho com isso e muito dificilmente ela estará aposentada até minha entrevista com o consulado.
    Qual a melhor dica nesse caso? Nem tentar? ehhehe
    Obrigado desde já!

    • tiadocafe said,

      Olá!! Não acho impossível conseguir o visto, pq se vc tem emprego formal e vai sair de férias, já é um bom vínculo! E não é qualquer pessoa que fica 4 anos no mesmo emprego… O que eu te aconselharia é deixar pra tirar o visto mais próximo da viagem (talvez 3 ou 4 meses antes), pq assim vc já vai ter algum dinheiro acumulado e pode levar o extrato da poupança para comprovar que tem o dinheiro para a viagem. Seria interessante vc também tentar fazer um cartão de crédito internacional e tê-lo no dia da entrevista, pq assim vc pode demonstrar que tem crédito junto ao sistema bancário e se precisar para alguma despesa extra (doença, acidentes, etc), vc terá como custeá-las para voltar ao Brasil (e não ficará lá trabalhando ilegalmente para pagá-las).
      Ademais, vc pode comprovar a sua remuneração de qualquer forma, não só com holerite. E se vc tem um contrato de compra e venda da casa, mesmo que sem escritura, já é suficiente para comprovar a propriedade no consulado (eles não são legalistas nem nada)…

      Quanto ao prazo do visto, só a título de exemplo, minha entrevista era dia 07 de janeiro e minha passagem era marcada pra dia 18 de janeiro, e deu tudo certo… sequer perguntaram quando eu ia viajar.

      Abs.

      • Junior Casemiro said,

        Obrigado pela resposta, estou um pouco mais tranquilo agora!
        Pois é, eu vou acabar deixando pra tirar esse visto bem mais pra frente, assim eu junto uma boa grana e se eles falarem que eu não tenho como custear a viagem eu mostro o extrato da poupança.
        É bem ridículo isso né, já pensou se eu comprasse essa viagem parcelada em sei lá… 48 vezes, dessa forma qualquer um tem como viajar né hahaha. E olha que muita gente faz isso… no Brasil pra uma boa parte da população ainda tem que ser assim :/
        Então, na verdade eu já tenho dois cartões internacionais! Tenho um do Bradesco e um do Santander, os quais eu uso sempre pra comprar na internet, eBay, Amazon, etc.
        Que bom que não é somente com holerite… posso levar documentação do meu trabalho dizendo que eu recebo horas extras então! :)
        E eu tenho todos os contratos de nossa casa, só não estão no nosso nome ainda…
        Se Deus quiser tudo vai dar certo e eu vou realizar o sonho de conhecer o Mickey hahah!
        Obrigado mesmo pela ajuda!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: